Foi realizada no dia 30 de setembro, no Auditório Ray Colares do campus JK, palestra com o tema “Setembro Verde”, que conscientiza sobre a doação de órgãos no país. O evento, organizado pela coordenação do curso de Psicologia Funorte, contou com a presença de acadêmicos, professores e profissionais que trabalham com doação de órgãos em Montes Claros.

Segundo a coordenadora do curso, Leila Silveira, a abordagem teve o objetivo de proporcionar aos acadêmicos, uma discussão temática tão significativa. “É um tema de grande importância e, que ao mesmo tempo, é pouco falado, pois, aqui, ficou evidente que nós nunca conversamos sobre isto em casa, ou seja, é um assunto quase tabu. Então, trazer esta abordagem faz com que a graduação na Funorte saia na frente”, frisou a coordenadora.

A professora idealizadora do evento, Cláudia Guimarães Lima, ressaltou sobre a importância da sensibilização sobre o tema. “Neste mês, que faz a sensibilização pela doação de órgãos, nós homenageamos o Darcy Ribeiro, que é montesclarense e autor da primeira lei que autoriza a doação de órgãos no país, além disso, comemoramos vinte anos da morte dele. Assim, desmitificamos informações acerca da doação de órgãos e preparamos profissionais capacitados para passar informações para os pacientes”, frisou.

Uma das palestrantes, a psicóloga hospitalar Graciele Oliveira, abordou a importância de saber interagir com as famílias para que seja autorizada a doação. “Nós orientamos pessoas nos momentos mais difíceis, ou seja, em perdas de pessoas queridas. Então, devemos saber falar para não aumentar esta dor e fazer com que conscientizem que este ato, salvará cinco vidas”, destacou a profissional.

Para a acadêmica do 6º período, Bárbara Munique Mendes: “é essencial que profissionais de todas as áreas disciplinares tenham consciência da importância da doação de órgãos e é fundamental conscientizar toda a sociedade a respeito do tema para tirar todas as paradigmas e preconceitos que surgem em relação ao assunto”, concluiu a estudante.

Greiciely Rodrigues

 

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *