Acadêmicos do curso de Jornalismo produziram programa de TV “X da Questão”, voltado para estudantes do ensino médio. O programa é resultado de trabalho da disciplina de Telejornalismo ministrado pelo professor Wendel Brito. A apresentação final foi feita na última quinta-feira, (06), em sala de aula.

A acadêmica de Jornalismo, Wênia Carvalho, diz que o resultado foi mais que esperado. “As maiores dificuldades para fazer o “X da Questão” foram a entrega dos termos de autorização em relação aos alunos, na medida em que o tempo passava, por falta de engajamento deles. Muitos desistiram, mas, no fim o programa saiu muito bom, as falas, as perguntas… Tivemos muita dificuldade para editar porque os alunos foram muito inteligentes tanto nas perguntas, como em expor as opiniões” diz.

Para a equipe de Leila Cristina, o apoio do colégio contribuiu para um bom desenvolvimento do trabalho. “Foi uma experiência marcante fazer o programa “X da Questão”. Desde o planejamento, roteiro e aplicação do projeto. No meu grupo não tivemos dificuldades, a diretora Andreia Mameluque da escola Cristina Guimarães se mostrou disposta desde o início em nos auxiliar no que fosse necessário. Esse projeto foi importante para a vida acadêmica e profissional de todos que ajudaram na sua elaboração, através dele conseguimos visualizar os desafios de uma produção no dia a dia”, relata.

A também estudante de Jornalismo da Funorte, Gabrielle Santos, teve boa recepção da escola Beato José de Anchieta, escolhida para o projeto.  “Foi um desafio que tivemos, pois, várias escolas que procuramos, não conseguíamos executar.  A princípio ficamos com receio de não concluir o trabalho no colégio (indicado pela professora de zumba da Funorte. Bárbara Soares) por serem alunos carentes e não aceitarem participar. O projeto foi ótimo, os alunos ficaram muitos envolvidos. O que aprendemos nesse trabalho iremos levar para vida toda”, ressalta.

A vice-diretora da Escola Beato José de Anchieta, Rogéria DaDalt Neopmuceno agradece o empenho dos alunos e faculdade. “Agradecemos aos acadêmicos de Jornalismo e aos alunos da escola. Também a toda equipe pela valorização dos nossos alunos, pelo carinho de lavar uma resposta, um respaldo aos estudantes do ensino médio. Isso mostra o quanto são profissionais”, reconhece.

 

Marcus Braz

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *