Foram realizadas, em conjunto com os acadêmicos do oitavo período de Fonoaudiologia, atividades vinculadas à linguagem escrita, realizadas na Clínica Escola do Campus Amazonas, onde são prestados atendimentos à comunidade.

“Todos os exercícios aqui trabalhados buscam auxiliar a criança de alguma forma, seja a fala, a escrita ou outros sentidos, como, por exemplo, direita e esquerda, pois, às vezes, o paciente não tem tal diferenciação e, por isso, escreve errado”, ratifica Simone Borges, aluna da turma que auxilia nos atendimentos.

Outras atividades também foram realizadas como brincadeiras voltadas para tratamento de discriminação visual, coordenação motora fina, distinção de sons, fonemas e grafemas, etc. Segundo Simone todas as atividades inseridas são essenciais para o desenvolvimento de uma boa fala e também de aspectos cognitivos infantis.

Hellen Patriny

 

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *