O curso de Engenharia Civil Funorte foi avaliado com nota de excelência pelo Ministério da Educação (MEC). O resultado foi classificado como 4, em uma escala que varia de 1 a 5. A avaliação ocorreu entre os dias 24 e 26 de outubro de 2017.
O diretor das Engenharias Integradas, Pedro Almeida, ressalta que este resultado representa o reconhecimento do trabalho de qualidade feito na instituição. “O curso de Engenharia Civil Funorte estará formando sua 20ª turma. Com a renovação do reconhecimento, o MEC confirma em sua avaliação, a ‘maturidade’ da graduação, o que configura um curso referência. Para a IES Funorte, essa avaliação representa a confirmação do trabalho de qualidade e pioneiro para toda a nossa região e para o nosso país. A nossa Engenharia Civil foi bem avaliada em todas as dimensões: Organização Didático-Pedagógico, Corpo Docente e infraestrutura (inclusive com testemunho de ter excelentes laboratórios na fala dos avaliadores)”, frisou o gestor.
O coordenador do curso de Engenharia Civil Funorte, Armando Macêdo Chaves, também destacou a qualidade do ensino. “A renovação do reconhecimento do curso de Engenharia Civil com nota 4, vem garantir à FUNORTE, a certeza de que oferece uma graduação de alta qualidade e de prestigiado valor profissional, em face do seu qualificado corpo docente e laboratórios compatíveis com as melhores universidades do país, o que nos coloca em 1º lugar na região”, ponderou o docente.
Diante do resultado, o diretor das Engenharias parabenizou todos que contribuíram para a valorização do curso. “Estão de parabéns, todos os atores/parceiros que contribuíram para esse resultado: O corpo administrativo / discente e docentes. A IES Funorte, através da capacitação de seus professores e investimentos na infraestrutura, que faz o nosso curso de Engenharia Civil ser forte, ser referência para os futuros calouros, formandos e engenheiros. As Engenharias Integradas Funorte é modelo de projeto flexível, dinâmico, moderno e viável. Fazer parte da família das Engenharias e Arquitetura Funorte é orgulho de toda sua comunidade acadêmica, de todos os seus idealizadores”, concluiu Pedro.

Greiciely Rodrigues

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *