Na manhã desta terça-feira, 29 de janeiro, a coordenadora do curso de Enfermagem Funorte, Leila Siqueira, foi a convidada do programa de rádio “Show de Fred Silva”, 104,9 FM. Ela contou sobre suas experiências e o que a motivou a escolher a profissão. “Desde o 2° grau eu gostava das disciplinas das áreas biológicas na área da saúde e me identifiquei com isso. Ter uma aproximação com as pessoas e gostar de cuidar delas me fez escolher a Enfermagem como profissão”, destacou.

A coordenadora explanou como opera o curso de Enfermagem na Funorte e quais os seus diferenciais, considerando que o curso foi reconhecido pelo MEC com nota 5, uma nota de excelência na sua avaliação. “O curso de Enfermagem da Funorte, atualmente, funciona tanto integral como noturno e matutino, com duração de cinco anos. O mesmo oportuniza desde o primeiro período da faculdade para que o acadêmico tenha vivências práticas, e além dos estágios hospitalares e saúde da família, temos um curso com os laboratórios de simulações, e o Hospital das Clínicas Mário Ribeiro da Silveira, que realizamos atendimentos. Vale ressalvar que, tudo isso é importante e favorece a formação do acadêmico, sendo um diferencial do curso da Funorte”, destacou.

De acordo com Leila, é necessário perfazer algumas habilidades para aqueles que desejam iniciar o curso. “Deve-se ter no mínimo alguma identificação com a área da saúde, e o fato de gostar de lidar com as pessoas, está próximo às pessoas, tendo vista que o Enfermeiro é uma profissão que exige muito, cujo objeto de trabalho é o ser humano”. A enfermeira ainda completou: “Por mais que hoje a palavra ‘vida’ esteja banalizada, as pessoas não dão valor, mas é a coisa mais preciosa que possuímos e temos que aprender e ensinar os estudantes a cuidar bem disso”.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *