O termo startup se tornou comum e, atualmente, boa parte das pessoas já ouviram falar nele. Na literatura, existem vários definições para o conceito de Startup: uma empresa em fase inicial, uma empresa de base tecnológica, uma empresa com cultura e jeito de serem inovadores e com espírito jovem.

O coordenador do CEI (Centro de Empreendedorismo e Inovação) Funorte e Fasi, Bruno Garcia, inventor do e-book Startup, explica que este foi uma curadoria das melhores metodologias e práticas para se iniciar um startup, com base no conhecimento doa maiores especialistas da atualidade no tema, como Steve Blank, Alexander Osterwalder, Eric Ries, Ash Maurya, entre outros. O e-book possui um resumo dessas metodologias, ferramentas, recomendações de livros, tudo para aumentar a interação do leitor com o conteúdo e tornar o aprendizado mais dinâmico.

Bruno conta sobre como surgiu a ideia e qual o objetivo do e-book. “Percebemos que diante da grande quantidade de conteúdo disponível sobre esse universo de Startups e o fato de muitas pessoas terem um conhecimento superficial sobre o tema, o aprendizado estava sendo afetado. Não se conseguia identificar onde deveria ser o foco do aprendizado, da mesma forma que poderia haver inconsistência no conhecimento repassado aos alunos e professores”. E ainda completou: “Nosso objetivo foi uniformizar o entendimento de acadêmicos e professores no que diz respeito ao conhecimento básico sobre startups, dar autonomia para que se aprofundem nos itens que mais se interessarem e, principalmente, melhorar a nossa capacidade de gerar negócios inovadores e alinhados com as novas tecnologias e demandas de mercado”.

De acordo com o empreendedor, o livro terá uma importante função, além de ser usado nas disciplinas de empreendedorismo e inovação ministradas nos cursos da instituição. “Ele será um manual de referência para alunos, professores e orientadores no processo piloto de implantação do TCC Startup. O TCC voltado para a criação de negócios inovadores é uma nova perspectiva adotada pela Funorte, que irá potencializar a capacitação dos nossos alunos para um mercado mais imprevisível e exponencial”, frisa.

O coordenador ainda conta que, a Gestão Empresarial e a forma de se conceber negócios mudaram muito nos últimos, e que algumas pessoas já perceberam essa mudança. Em nossa região, por exemplo, não há profundidade no conhecimento sobre Transformação Digital, Plataforma de Negócios ou como definiria Klaus Schwab, a Quarta Revolução Industrial. Dessa forma, ele conceitua: “O e-book é um convite para iniciarmos, mesmo que de forma incipiente, discussões profundas que nos levem a refletir e propor ações para adaptar a nossa cultura empresarial aos novos tempos. Jovens protagonistas criando soluções inovadoras, sustentáveis e que gerem emprego, renda e desenvolvimento social na nossa região. Esse é o nosso sonho”, destaca.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *