Este ano, os espectadores esperam outras grandes produções para o cinema no Brasil

O ano mal começou e os cinéfilos de plantão já esperam por grandes produções brasileiras que, com certeza, baterão novamente o recorde de bilheteria em 2017.

No ano passado, duas grandes produções brasileiras bateram o recorde de bilheteria e de público. Curioso ou não, os dois filmes partiram de experiências reais: uma bíblica, que narra a história de Moisés e a outra, da senhora Hermínia, mãe do ator global Paulo Gustavo.

Os “Dez Mandamentos”, uma produção da Record em parceria com a Paris Filmes, bateu os 11,2 milhões de ingressos vendidos, superando o público do filme estrangeiro Capitão América – Guerra Civil, com 9,6 milhões de telespectadores. O engraçado nessa história são as salas vazias que contestaram a quantidade de bilheteria vendida.

Já a história de Dona Hermínia em “Minha Mãe é Uma Peça2”, uma produção da Paramount/Universal/Downtown/Paris/Globo Filmes, bateu o recorde de ingressos vendidos em apenas duas semanas (4 milhões), ficando na segunda posição do ranking dos filmes brasileiros mais vistos em 2016.

Segundo o professor e coordenador do curso de Jornalismo da Funorte, Elpídio Rocha, as produções brasileiras vêm superando as expectativas dos espectadores:

“Acredito que o público continua interessado em “filmes de gênero”, ou seja, a plateia consome obras que se adequam ao seu gosto ou interesse imediato. Os produtores e diretores precisam definir bem o gênero em que o filme está inserido: comédia, drama, romance, policial, suspense, etc. Continua firme o domínio do humor, que privilegia a construção dos tipos engraçados e usa recursos da chanchada. Além disso, é preciso planejar bem a divulgação e o marketing do “produto filme”.

Com 143 filmes lançados em 2016, outras produções também tiveram destaque, como afirma Elpídio – fascinado pela sétima arte e um bom entendedor do assunto – “De acordo com informações do site Filme B, que fornece as maiores bilheterias do cinema brasileiro, o resultado de 2016 reproduz o de outros anos: as comédias continuam firmes no gosto do público. São filmes como Tô Ryca, Um Suburbano Sortudo, Vai que Dá Certo 2, Carrossel 2,  É Fada e Aquarius”.

Então, preparem-se para as grandes estreias do cinema brasileiro. Tem produções já a caminho das telonas pelo país.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *