Os colaboradores da Faculdade de Saúde Ibituruna – Fasi participarem nos dias 01 e 02 de setembro do Curso de Brigadistas de Incêndio, realizado pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais.

De acordo com o Cabo do Corpo de Bombeiros, Wellison Guedes, que ministrou o curso, a brigada de incêndio tem como objetivo a capacitação dos colaboradores para que, em caso de necessidade, saibam atuar, seja em primeiros socorros ou incêndio. “No primeiro dia, foi visto a prática de primeiros socorros, tanto a teoria quanto a prática. Já no segundo dia, na parte da manhã, foi visto questões teóricas sobre o combate e as estratégias de incêndio. No período da tarde foi colocado em prática tudo o que foi aprendido em sala de aula. Este curso traz segurança não só para a edificação, mas, para todos aqueles que trabalham ou circulam por aqui, ou seja, protegem o bem que é vida das pessoas”.

Durante os dois dias do curso, os colaboradores aprenderam sobre os fatores de risco para parada cardiovascular (hereditariedade, sedentarismo, alimentação, vícios, stress, circunferência abdominal: 88cm para mulheres e 102cm para homens), formas de atendimento (verificar nível de consciência, “expansão visível do tórax”, pedir socorro adequado, verificação do pulso em adultos e crianças bebês e reanimação cardiopulmonar), dentre outras coisas.

A diretora da Fasi e presidente da CIPA Educação da rede Soebras, Sabrina Gonçalves, explica que o curso é realizado em parceria com a Coordenação de Saúde e Segurança do Trabalho e o Corpo de Bombeiros com o objetivo de preparar os colaboradores e professores para atuar em situações emergenciais, operando equipamentos de combate a incêndios, auxiliando no plano de evacuação, identificando e reconhecendo produtos perigosos e seus riscos bem como prestando assistência de primeiros socorros. Desta forma nossa Instituição atende a legislação existente de forma a contribuir na preservação da vida humana e do patrimônio da unidade.

Sabrina diz que são aproximadamente 20 colaboradores fazendo o curso, entre professores e funcionários. “É importante destacar que vários colaboradores quiseram participar, foi feita então uma breve seleção, de forma que a contemplar funcionários de todos os setores e turnos, garantindo assim uma ampla cadeia de conhecimento”, diz à diretora que completa: “Fico feliz em perceber como os colaboradores (professores e funcionários) estão envolvidos nos diversos projetos da instituição, e, este, especificamente, que é um curso para preservação da vida e do patrimônio, mostra como estão preocupados com longevidade de nossa instituição, além de aproximá-los do dia a dia da gestão”.

Para o coordenador de Segurança e Saúde no trabalho, Efraim Pereira, o curso é de extrema importância para os colaboradores saberem atuar em momentos de emergência, para estarem aptos a prestar os primeiros atendimentos e não deixar que os colaboradores e alunos sejam atendidos por terceiros ou por pessoas que não sabem fazer esta prestação de primeiros socorros. “Além disso, é feito um trabalho de conscientização até mesmo ensinando a importância da rapidez da chegada do corpo de bombeiros, pois, a falta de atendimento pode agravar o caso deste paciente. Assim, é importante os colaboradores saberem atuar neste primeiro momento, pois podem salvar vidas”, afirma.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *