Quem passa pelo Campus São Luís, provavelmente irá a notar exposição fotográfica dos alunos da disciplina de Fotojornalismo que está disponibilizada nos corredores da faculdade.  A professora responsável, Lidiane Silva, explica que a finalidade é socializar o trabalho com os acadêmicos dos outros cursos e, assim, mostrar para todos como funciona este processo da fotografia. Além disso, a docente explica que: “o objetivo final é apresentar o que foi desenvolvido durante o semestre. Na ocasião, eles procuraram um personagem que possuísse uma história interessante, a fim de fotografá-los aplicando as técnicas desenvolvidas durante as aulas”, afirmou.

A estudante Brenda Cesário participou da exposição. Para ela, o resultado agradou e, por mais que a mesma já trabalhe na área, há sempre algo a aprender. A acadêmica explica qual o propósito das suas fotos. “Conhecer o outro não é algo fácil, a psicologia diz que apenas conhecemos o outro se mergulharmos dentro de nós mesmos. Este trabalho tem o propósito de apresentar fotografias artísticas, através de autorretratos mostrando o ser além do próprio ser, a complexidade, a subjetividade, a individualidade, a personalidade e a identidade do personagem escolhido. Além do mais, como eu gosto muito de fotografia e trabalho com isso, é importante ter o meu trabalho exposto para que todos possam ver e entender o que eu quis dizer com aquelas fotografias’’, afirma.

São várias abordagens que os estudantes deram a este trabalho que é o último do semestre. Como é o caso da acadêmica Nívea Martins, que escolheu fotografar o moto clube Abutres, um dos maiores do Norte de Minas. “Eu aprendi muito com a disciplina e fiquei muito feliz e orgulhosa de ter as fotos expostas para que todos da faculdade pudessem ver”, concluiu.

Gabriel Mota

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *