Na última terça-feira, 22 de novembro, alunos do primeiro ano do ensino médio, do colégio Indyu realizaram apresentação dinâmica a respeito das épocas do feudalismo, na disciplina de História.

Com o objetivo de que o aluno possa aprender a história do feudalismo, o professor Eupronio da Costa, juntamente com os alunos, desenvolveu diversas discussões. Os estudantes reproduziram toda a época, caracterizando-se das respectivas repartições do feudalismo: clero, nobreza e camponeses. Além da caracterização, cada grupo feudal representado possuía uma maquete com a finalidade de simular “fisicamente” o que acontece dentro de um sistema feudal.

“Sair do ambiente da sala de aula e adentrar no meio da prática é importante para que marque no aluno, a experiência construtiva e imaginária. Fazer com que ele aprenda História não somente com fatos, mas, também, a partir de uma vivência, ou seja, que o aprendizado venha da perspectiva do aluno”, comentou Eupronio.

As atividades extraclasse são muito importantes para que o aluno possa enfatizar o aprendizado, aponta a aluna Monalisa Gomes de Carvalho. “Colocando-me no lugar do personagem e me caracterizando, eu vejo como era a época, retratar o período de forma prática é importante para a reafirmação de conhecimento”, fala.

“É sempre muito importante desprender-se da sala de aula e colocar o aluno para criar além de textos, resumos e outros materiais que são utilizados em sala de aula, o trabalho em equipes enriquece o aprendizado do aluno, aguça a criatividade, ajuda na formação de opiniões, sem falar que envolve seus integrantes de forma a partilhar, além de trabalhar a oralidade em público e o mais importante que é a fixação do conteúdo estudado de maneira dinâmica. Portanto, exibir o conhecimento adquirido em sala de aula de forma expositiva é de extrema importância para o ensino”, afirma Karina Almeida, diretora do colégio.

Victor Araújo

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *