Expressão cultural brasileira, A capoeira foi trazida por escravos de outros países para o Brasil e era usada para defesa física. Os movimentos surgiram a partir da observação dos animais na natureza (sapos, macacos, cavalos). Essa expressão cultural combina música, dança, artes marciais, esporte, entre outros.

Nesta quinta-feira, 22, os alunos da escola Ímpar puderam presenciar essa expressão cultural de perto através do mestre de capoeira Leandro Muniz, que foi convidado pela escola para compartilhar com as crianças sobre a capoeira e sua história.

O evento foi aberto pela diretora do Ímpar Fernanda Fernandes, que contou um pouco sobre a história da capoeira e recebeu o mestre Leandro. Com vários instrumentos que pertencem á capoeira, Leandro jogou com os alunos da escola, além de tocar e mostrar o som de cada um deles, a história e músicas que se tocam e cantam na roda de capoeira.

Segundo Leandro Muniz, mestre Lezinho, “a capoeira é um patrimônio cultural e imaterial da humanidade e tem uma importância muito grande para sociedade. Âmbito pedagógico, ela traz nossa identidade enquanto cultura, pois é tão nossa pelo fato de ter sido criada pelos negros africanos em solo brasileiro. Então, é muito importante inserir isso nas séries iniciais para que os alunos cresçam sabendo um pouco da nossa história e da capoeira, da musicalidade”, concluiu.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *