Estudantes do colégio Indyu trabalham como estagiários exercendo funções diferentes no mercado de trabalho. Da escola ao trabalho, procuram dar o máximo de si para alcançarem bons resultados.

A juventude, assim como a fase adulta, tem muitas obrigações, exige compromisso e muito foco. Estudante do 3º ano do ensino médio, Ana Carolina Câmara tem 17 anos e pretende cursar Direito. Ana Carolina está como estagiária da Procuradoria – Geral da Fazenda, em Montes Claros há mais de um ano. “Apesar de ser corrido, é uma experiência boa, me trouxe mais responsabilidade e muito aprendizado”, diz Ana Carolina.

O estágio na Procuradoria foi divulgado entre os estudantes do ensino médio. Com carga horária de 4 horas diárias, o estudante Lucas Filipe da Silva Souza, 17 anos, frequenta o colégio pela manhã e trabalha à tarde, assim como sua colega Ana Carolina, mas exercendo outras funções. Lucas prefere a área de exatas e por causa do estágio, não pode de forma alguma ficar de recuperação, o que exige mais foco ainda. “Temos que tirar notas boa para continuar no estágio, caso contrário, a empresa entende que o trabalho atrapalha o nosso rendimento” explica Lucas.

Apesar de todas as dificuldades, o estágio é uma maneira de adquirir conhecimento, além de adicionar experiência curricular. Sarah Gualberto Lopes tem 16 anos, está no 2º ano do ensino médio e pretende cursar Medicina. A estudante estagia no setor de cobranças em uma empresa fornecedora de internet, em Montes Claros. “A jornada é bem cansativa, mas compensatória. É um investimento que faço em mim, no meu futuro”, conta Sarah.

Anna Louisa Narciso

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *