Parceria permite que bebê receba registro e CPF antes mesmo de deixar o Hospital das Clínicas Dr. Mário Ribeiro

Para garantir a cidadania dos recém-nascidos, o Hospital das Clínicas Dr. Mário Ribeiro inaugurou uma unidade interligada do 1° Ofício da Cidadania dentro do hospital. A extensão é feita por meio da Secretaria de Estado dos Direitos Humanos, sendo a terceira em Montes Claros.

Todo o processo é executado pela escrevente do 1° Ofício da Cidadania, Cristiane Pereira. Ela faz o processo de registro e entrega aos pais a certidão já com o CPF da criança.

Já foram feitos 22 registros em apenas três dias de inauguração do serviço. No primeiro dia, Juliana Dias Blank registrou o filho Henrique Emanoel, e Ana Paula Lopes dos Reis, o recém-nascido Emanoel Barbosa Reis. Também foi emitida a certidão de Luís Otávio Fernandes, filho de Raniele Araújo Pereira.

Renan Barbosa Nunes, pai de Emanoel, disse que ficou muito satisfeito com o serviço.

“A iniciativa do hospital é excelente. Sabemos da importância da certidão de nascimento, que garante ao recém-nascido os direitos sociais. Realmente é um facilitador, uma vez que não precisamos fazer o deslocamento (até outro cartório) para realizar esse processo. Só temos a agradecer ao atendimento, não só do 1° Ofício da Cidadania, mas de toda a assistência hospitalar”, afirmou.

Para Elquia Prado, assistente social do Hospital das Clínicas Dr. Mário Ribeiro, é muito importante o bebê já sair com a certidão do hospital.

“O maior objetivo é garantir a cidadania nos primeiros dias de vida. O recém-nascido já é deslocado para outro espaço devidamente registrado”, completou.

 

Jornal O Norte de Minas

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *