Alunos do curso de Nutrição realizaram visita técnica ao Mercado Municipal de Montes Claros no dia 26 de agosto. A atividade faz parte da disciplina de Técnica e Dietética II, ministrada pela docente e nutricionista Eryka Jovânia com o objetivo desenvolver conhecimento, habilidades para elaboração dos cardápios.

Cardápio é definido como lista de preparações culinárias que compõe uma refeição ou lista de preparações que compõem todas as refeições de um dia ou período determinado. Para tal, utilizam-se de padrões nutricionais e reconhecimento das técnicas dietéticas dos alimentos a fim de atender às leis da alimentação (BERNARDES, 1997).

O cardápio pode também ser chamado menu, lista ou carta. Nos serviços comerciais é um veículo de informações, venda e publicidade de um restaurante e tem por finalidade auxiliar os clientes na escolha de alimentos e/ou bebidas (SILVA &BERNARDES, 2002).

Os cardápios devem ser balanceados, de modo a satisfazer as necessidades energéticas e em nutrientes, garantindo, ao mesmo tempo, saúde, capacitação para o trabalho e “performance” física desejável ao indivíduo. Sabe-se também que cardápios bem elaborados despertam, nos usuários, embora a longo prazo conceitos básicos de nutrição (TEIXEIRA, 1997).

Este é um momento importante na formação dos acadêmicos, já que através do contato com a comunidade que frequenta o mercado municipal, os feirantes, conseguimos observar que durante a feira tem consumo de alimentos regionais como pequi, requeijão, queijo, jaca, carne de sol. Além de avaliar a variedade de produtos que podem compor um cardápio balanceado. Foi possível verificar os cardápios oferecidos nos restaurantes dentro do mercado pratos típicos do cardápio trivial como costela com mandioca, arroz com pequi, rabada com mandioca, carne de sol, paçoca de carne seca, feijão tropeiro e a tradicional feijoada custo médio vária de dez a dezesseis reais o prato feito.

 

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *