Minicurso faz parte de programação da SIAP 2017

No dia 24 de maio, acadêmicos de nutrição e de outros cursos da FUNORTE, participaram do minicurso “Avaliação das Condições Higiênico-Sanitário de Unidades de Alimentação”, ministrado pela nutricionista Isabel Cristina Figueiredo, do Hospital das Clínicas Dr. Mário Ribeiro.

Durante as três horas que seguiram de aprendizado, Isabel que é egressa das Faculdades Funorte, foi enfática quanto ao quesito limpeza, higiene, cuidado e precisão no armazenamento e manuseio de alimentos.

Esse tema abrange do piso, das instalações até o alimento final que será consumido pelos pacientes em uma unidade hospitalar ou outro lugar. Antigamente, as pessoas conseguiam preparar rotineiramente seus alimentos em casa, o que hoje, foi substituído pelas refeições em restaurantes e etc. Por esses e outros motivos é importante enfatizar o significado de uma unidade de alimentação com condições favoráveis de higiene e limpeza”.

A coordenadora do curso de Nutrição, Érika Jovânia Pereira, explicou a escolha do tema para essa edição do evento e enfatizou a importância do alinhamento das informações para os acadêmicos:

“Com a chegada do Conselho Regional de Nutrição em Montes Claros, a fiscalização nos estabelecimentos que possuem um responsável técnico (nutricionista) pela alimentação, será intensificada. Por isso, essa questão que foi abordada hoje, é essencial para a formação dos futuros profissionais”, diz.

A acadêmica Thatianne Silva Lopes, do 1º período de Nutrição/Funorte, saiu contente do minicurso. Segundo ela, o aprendizado adquirido ali, vai ser levado para a vida inteira:

“Aprendi muito hoje vigilância, limpeza e higiene. Agregou muito conhecimento para mim e com certeza, para os outros acadêmicos também”.

Durante o minicurso Isabel permitiu a interação dos acadêmicos através de perguntas elaboradoras por ela e que precisavam de respostas. A plateia se empolgou para responder corretamente todas elas e, assim, demonstrar que todo o conhecimento ali adquirido estava na ponta da língua.

 

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *