No dia 08 de dezembro, foi realizada apresentação do PIM II- Projeto Integrador Multidisciplinar II, do curso de Gastronomia Funorte, que tem como objetivo desenvolver competências referentes à criação e gestão de negócios na área gastronômica.
Durante a apresentação, acadêmicos do 5º períodos falaram do plano de negócios criado para a empresa que haviam desenvolvido no semestre anterior. Segundo o professor orientador do projeto, Alexandre Sacchetto, este trabalho visa fazer com que o aluno busque informações sobre a área, além de exercer o que estudou durante o curso. “O Projeto Integrador Multidisciplinar se resume em um trabalho de conclusão de curso cujos principais aspectos são: unir todas as matérias vistas no curso; alinhar teoria e prática; e proporcionar ao aluno uma ampla pesquisa de mercado e ambiente, o que lhe confere uma ampla visão do que existe na área”, frisou o docente.
Alexandre destaca, ainda, a importância do desenvolvimento deste trabalho e a experiência que ele proporciona. “Julgo ser um trabalho de extrema relevância, pois, temos a grata satisfação de, a todo semestre, ver um projeto sair do papel e virar realidade. A chance é ímpar já que o processo de construção do trabalho se aproxima muito de uma consultoria – então o aluno é levado a exaurir as possibilidades na concepção do negócio – dessa forma , ele entende as dificuldades que irá encontrar no caminho, percebe as dificuldades de empreender no Brasil – principalmente no atual cenário que vivemos e, por último, entende que o planejamento é fator crítico de sucesso na implantação de um negócio – escapando da armadilha que ataca os empreendedores das áreas ligadas à alimentação, que é abrir um negócio baseado somente na intuição”.
Para o acadêmico que apresentou o plano de negócios da empresa Ouro Mineiro, Thiago Lopes, esta é uma experiência fundamental para a sua formação. “Apresentei o projeto de uma empresa de comida mineira e, isto, é muito importante para mim, pois retrata a minha infância e tudo que aprendi com minha mãe; que era cozinheira; e que pude aperfeiçoar na graduação. O povo mineiro é muito acolhedor, e foi isto que quis trazer para meu empreendimento e para a minha vida. Tenho certeza que criar este projeto contribuiu muito para a minha formação e para que todos nós, tenhamos segurança na carreira”, concluiu o estudante.

Greiciely Rodrigues

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *