No último sábado (24), alunos do curso de Fisioterapia das Faculdades Integradas do Norte de Minas – Funorte realizaram a segunda edição da Blitz Educativa para conscientização no trânsito. O local escolhido foi os sinais entre as Avenidas Deputado Esteves Rodrigues e Mestra Fininha, localizadas no Centro da cidade. Participaram da programação alunos do segundo, quinto, sexto e nono períodos, a coordenadora da graduação e professores.

“Mostramos para os alunos através desta campanha a importância da conscientização para diminuir o número de acidentes no trânsito e, consequentemente, eles aprenderão a transmitir isso para outras pessoas e prestarão mais atenção em suas atitudes. Alguns chegaram aqui atravessando fora da faixa, mas, agora, não fazem mais isso”, diz Cristiane Ataíde Santos, professora de Cinesiologia e Biomecânica.

Luciane Vieira, coordenadora do Curso de Fisioterapia, explica o porquê da vinculação da Blitz para os acadêmicos. “Diariamente vemos a incidência de sequelas nos pacientes vítimas de acidentes no trânsito que passam pelas nossas clínicas, sejam com sequelas neurológicas, ortopédicas, para não citar a morte. Aproveitamos a Campanha Nacional do Trânsito, que acontece de 18 à 25 de setembro, utilizamos do tema da campanha, que é ‘Eu sou mais um por um trânsito mais seguro’ e trabalhamos na conscientização dos que estão nas ruas sejam dirigindo, pilotando ou até mesmo andando”, ela completa falando da relevância do tema na vida do acadêmico. “Essa é uma forma também de dar o retorno para sociedade, por meio da faculdade mostramos aos alunos que eles têm que contribuir. Estimulamos, portanto, o trabalho voluntário de doação e comoção, visando conhecimento e crescimento profissional”.

Outro professor participante foi Wagner Luís Mineiro Coutinho, que além ministrar aulas das disciplinas de Saúde Pública, Pisec, Semiologia e Recursos Terapêuticos Manuais, supervisiona estágio nos núcleos de Estratégia de Saúde da Família. Ele afirma fala sobre a importância das atividades com envolvimento e causas sociais. “O curso tem como meta que o aluno extravase o conhecimento na sala de aula. Sempre que temos oportunidade fazemos com que os nossos estudantes participem de atividades práticas, de extensão e de pesquisa para promoção de uma formação mais robusta e para que se tornem conhecedores das necessidades da comunidade”.

Os acadêmicos são atingidos com conscientizadores e também como membros da sociedade. Talvez sejam os principais condutores da mudança. Giovânia Silva Gomes, acadêmica do quinto período. “Quando estamos no trânsito, dependendo das nossas posturas e ações, acidentes podem ser evitados.”

O folder da blitz conta com dez regras para se tornar agente de um trânsito seguro. São elas:

-Respeite a faixa de pedestres;

-Utilize o cinto de segurança;

-Respeite os limites de velocidade;

-Respeite o pedestre;

-Use o capacete;

-Não faça fila dupla;

-Não dirija com o braço para fora do carro;

-Não ultrapassar o sinal fechado;

-Não ultrapassar a linha contínua;

-Não utilize o celular enquanto dirige.

Hellen Patriny

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *