Durante o evento houve exposição de trabalhos acadêmicos apresentados e aprovados em sala de aula

No dia 05 de dezembro, acadêmicos do 9º período de Farmácia das Faculdades FUNORTE e FASI, farmacêuticos dos hospitais Aroldo Tourinho, Prontosocor e Universitário, juntamente com as coordenadoras de estágio, professoras Adriana Inácia Paculdino, Cléia Prado e a integrante do Conselho Regional de Farmácia, professora Marone Quadros se reuniram para celebrar I Encontro de Farmacêuticos Hospitalares de Montes Claros, realizado no auditório do Hospital das Clínicas Dr. Mário Ribeiro da Silveira.
O evento teve início com a exibição de dois vídeos com mensagens de grandes profissionais da área:no primeiro, o professor Marcelo Bissom Polacow (autor de livro, conselheiro Federal pelo Estado de São Paulo, Farmacêutico Hospitalar da Polícia Militar de são Paulo) e uma das maiores autoridades em farmácia clínica do mundo. O segundo com a doutora Adryela Luz, microbiologista referência nacional do controle de infecções hospitalares, professora universitária de graduação e pós-graduação e conselheira Regional pelo estado de São Paulo.

Além desse momento, cada farmacêutico – de outra unidade -,teve 15 minutos para apresentar seu local de trabalho, suas dificuldades, as técnicas utilizadas, os pontos negativos do dia a dia e, também, o auxílio recebido por estagiários e acadêmicos durante a permanência na unidade.
Cléia Prado, uma das preceptoras do curso e atuante da área hospitalar, explica sobre o estágio de farmácia hospitalar no HC e as atividades desenvolvidas com os estudantes que reforçam o auxílio recebido nas farmácias e a atuação futura dos mesmos:
“Ele (estágio) apresenta uma modalidade das mais modernas possíveis em que o acadêmico tem a possibilidade de vivenciar em cenário real, as melhores práticas em farmácia hospitalar. Dentro da modernidade que a instituição hoje se coloca, nós temos o estudante inserido na equipe multiprofissional trabalhando em contato com os diversos profissionais da saúde e aprendendo diariamente lições que o futuro farmacêutico possa trabalhar dando sustentabilidade a área.”
O intuito desse evento era reunir os profissionais, discutir melhorias no âmbito hospitalar e a segurança e cuidados com o paciente. Além disso, reforçar as particularidades da profissão,é o que enfatiza Adriana Paculdino, farmacêutica há 24 anos e com o mesmo tempo de trabalho na área:
“A gente sabe da dificuldade que existe no mercado de trabalho e do entrosamento. Essa troca de experiência é o que faz crescer a profissão e a área de atuação. Juntamente com a professora Cléia, nós tivemos a ideia de fazer esse encontro, com o objetivo de mostrar para o acadêmico o que é realmente a prática, o que os profissionais estão fazendo no mercado, quais as dificuldades que eles têm, avanços…Por outro lado, proporcionar para os profissionais que hoje atuam, uma proximidade maior, porque nós acreditamos que só o compartilhamento das experiências e sucessos, fará com que a profissão fortifique [..]” finaliza.
A farmacêutica do Aroldo Tourinho, Thaís Cristina Oliveira Araújo, agradeceu pela iniciativa e convite:
“Esse primeiro encontro foi uma grande oportunidade de discutir valores, deficiências,
todas aquelas que são apresentadas em nossa instituição e nas outras também[…] Uma parceria excelente junto com a Cléia e Adriana que tiveram essa iniciativa de nos convidar e o que vamos levar para nosso hospital é a oportunidade de discutir as dificuldades e também de transmitir novas ideias.”

Finalizando o evento, teve sorteio de brindes, depoimento da acadêmica Josiane Tolentino (9º período) que afirmou a importância do estágio curricular e o quanto aprendeu durante esse tempo.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *