Com o objetivo de criar meios efetivos de comunicação com a sociedade, o Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais lançou o Programa Conhecendo o Judiciário, que visa esclarecer sua estrutura e funcionamento. Entre as ações implementadas no projeto estão as visitas orientadas ao Tribunal de Justiça e aos fóruns das Comarcas do Estado.

As atividades são direcionadas a estudantes, associações de bairro, ONG’s e demais grupos organizados da sociedade civil. Por meio delas, o Judiciário Mineiro contribui para a formação da cidadania de jovens e adolescentes.

Com o intuito de proporcionar contato direto dos acadêmicos do curso de Direito com a realidade forense da justiça comum, o professor Adriano Abreu organizou uma visita técnica no TJ- MG com os estudantes da Funorte. Segundo ele, “atividades como esta são importantes para que os alunos possam, desde a academia, compreender o funcionamento do Judiciário em Montes Claros, aliando o conhecimento aprendido em sala de aula à prática. Além de tornar mais prazeroso e incentivador o ensino jurídico, isso facilita a fixação do conteúdo e a compreensão sobre temas importantes como a morosidade e eficiência da prestação jurisdicional”, citou.

O docente abordou, ainda, que a prática de atividades que fazem parte da profissão é fundamental para melhorar o senso crítico do estudante. “O acadêmico que tem contato com a realidade forense torna-se mais capaz de fazer um juízo crítico do nosso Judiciário, o que é bastante importante, pois devemos formar operadores do Direito que produzam conhecimento e, de fato, interfiram positivamente no mundo jurídico”, ressaltou.

Greiciely Rodrigues

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *