Na manhã desta segunda-feira, 25 de março, acadêmicos do 2° período do curso de Direito realizaram debate sobre a obra filosófica: “Dos Delitos e das Penas” com a professora Alessandra Almeida que ministra a disciplina Filosofia do Direito.

Segundo a docente Alessandra Almeida, o objetivo em trabalhar com a obra de Cesare Beccaria é oportunizar ao acadêmico do curso de Direito da Funorte, desenvolver a capacidade de leitura sistemática, rigorosa e a compressão e análise de livros. “Através do livros e das abordagens, discutimos questões políticas, sociais e econômicas relevantes para a compreensão da relação dialética entre o indivíduo e sociedade abordadas no livro”, destacou.

Líder da turma do 2°´período, Viviane da Mota, explica que é indispensável a realização de debates com obras significativas para o curso de Direito. “É imprescindível que a instituição nos ofereçam debates como este, uma vez que, além de enriquecer nossos conhecimentos, nos ajudam na formação de opiniões jurídicas, além de proporcionar uma visão mais ampla em situações que influenciam através da leitura”, pontuou.

De acordo com a acadêmica do 7° período, Maria Clara Lopes, o maior ponto positivo da discussão sobre a obra é a assimilação do conhecimento. “Ocorre uma absorção real, pois há uma preparação para à apresentação para os demais colegas. Estimula o aluno a ler e entender sobre o assunto, para maior interação de acadêmicos e professores”, explicou.


A obra

“Dos Delitos e das Penas” é um livro de Cesare Beccaria, originalmente publicado no ano de 1764.  Trata-se de uma obra que se insere no movimento filosófico e humanitário em um momento histórico distante. Na época, havia propagado a tese de que as penas constituíam uma espécie de vingança coletiva. Essa concepção havia incitado à aplicação de punições de consequências muito superiores e mais terríveis do que os males produzidos pelos delitos. A obra ainda descreve que a prevenção dos crimes é melhor do que a punição.

Texto e Fotos: Marco Freitas 

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *