Durante o primeiro semestre de 2017, estudantes do 2º período do curso de Arquitetura Funorte realizaram trabalho titulado: “As obras de Oscar Niemeyer”. Considerado figura-chave no desenvolvimento da arquitetura moderna, quatro obras do arquiteto brasileiro foram reproduzidas pelos acadêmicos, em forma de maquetes.

Deysiane Meirelle Ramos, acadêmica da turma, falou sobre a experiência de produzir este trabalho. “Acredito que todo estudo seja válido e, este trabalho foi muito importante, pois aprendemos bastante sobre o autor, suas obras e parcerias, além da construção, que envolveu muitas técnicas, novos matérias e paciência”, frisou a estudante.

Para Daiane Leite da Mota, “a construção das maquetes foi um trabalho maravilhoso, pois a turma correu contra o tempo para conseguir fazer da melhor forma. No início tivemos medo de não dar conta pela complexidade das obras, pelo fato do autor trabalhar muito com curvas, mas deu tudo certo e tivemos um aprendizado e tanto”, destacou a acadêmica.

Durante o trabalho foram produzidas maquetes das obras: Museu Oscar Niemeyer, mais conhecido como Museu do olho, em Curitiba; Museu de Arte Contemporânea- Niterói/RJ; Igreja São Francisco de Assis (Igrejinha da Pampulha), em Belo Horizonte/MG; e Oca do Ibirapuera, em São Paulo.

Tatila Alves Nascimento realizou maquete do Museu de Arte Contemporânea. Ela fala sobre a satisfação em ver o resultado do trabalho. “A criação do protótipo foi maravilhosa. Começamos com uma ideia e finalizamos de outra forma e, através dos experimentos, erros, acertos e processo de tentativas, aprendemos muito e acumulamos experiência para o próximo”, concluiu a estudante.

Greiciely Rodrigues

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *