Acadêmicos do curso de Serviço Social participaram na última sexta-feira, (07), do seminário promovido pela Seccional do Conselho Regional de Serviço Social de Montes Claros, que teve como tema, “O sigilo na intervenção e registro no trabalho profissional”. O evento aconteceu no auditório da Escola Estadual Professor Plínio Ribeiro (Escola Normal) e teve como convidados a assistente social do INSS/Macaé-RJ, Marinete Cordeiro, e, também, o conselheiro presidente do Conselho Federal de Serviço Social, Maurílio Castro.

Para estudante do curso de Serviço Social da Funorte, Jéssica Freire, essa discussão foi válida principalmente quando foram discutidas as funções exercidas pelos assistentes sociais atualmente. “Como faço estágio no INSS, o que houve de mais significante foi perceber que o atendimento dentro do instituto e o prosseguir de todo o processo, a infração e perca dos direitos do cidadão, não são preocupações apenas do beneficiário, mas do próprio assistente social atuante”, diz.

O conteúdo apresentado foi de grande proveito para os acadêmicos que estiveram presentes. Para a aluna Cida Silva, a discussão foi muito significativa para seu conhecimento. “Amei o evento, essa discussão aumentou bastante o meu conhecimento e pude aproveitar tudo o que foi proposto”, ressalta.

A coordenadora do curso de Serviço Social, Simone Torres, relata que o seminário oportunizou aos acadêmicos debater diversos assuntos fora do espaço acadêmico. “O sigilo profissional é algo imprescindível para a prática profissional. O debate acerca do assunto inicia na academia e também está presente no cotidiano profissional, portanto, é importante salutar espaços coletivos que debatam o assunto” conclui.

Marcus Braz

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *