Com um mercado de trabalho sempre receptivo aos graduados, o Direito é uma das carreiras mais cobiçadas pelos estudantes. Além da tradicionalidade da profissão como atrativo para curso, outro ponto visado pelos acadêmicos é a qualidade de ensino, que conta muito na escolha pela instituição.

João Victor Mendes Rodrigues, 23, é aluno do curso de Direito Funorte. Ele explica que decidiu pela graduação por causa da amplitude do mercado de trabalho e a escolha pela instituição se deu por pesquisas feitas por ele. “Montes Claros é uma cidade universitária, por possuir várias instituições de ensino superior, sendo assim, realizei várias pesquisas nas faculdades, inclusive pela nota no MEC, que cada instituição tinha. Escolhi a Funorte, pois ela era uma das faculdades particulares que estava nos primeiros lugares no ranking em Montes Claros”, cita.

João Victor iniciou a graduação no segundo semestre de 2011. Hoje, já finalizando o curso, ele elogia a qualidade de ensino. “A Funorte possui um quadro de professores altamente qualificados. No curso de Direito temos professores juízes, procuradores do estado e município, que estão sempre atualizados com o mundo jurídico, e que possuem uma didática ímpar”, ressalta.

Durante a trajetória tiveram vários desafios, o acadêmico cita que “meu maior desafio é foi aprender a teoria em sala de aula e conseguir um estágio para aplicar, de modo prático, tudo aquilo que aprendi. No meu caso,foi difícil, pois eu trabalhava e não queria sair do emprego para estagiar sem remuneração”, explica.

Ele ressalta, ainda, que a necessidade da leitura também foi uma de suas dificuldades. “A graduação requer muita leitura e uma entrega total aos estudos, as dificuldades que todo acadêmico tem é: ler muito, estudar muito. As matérias que não temos uma afinidade dificulta muito o caminho e faz você pensar em desistir do curso”.

Há inúmeras possibilidades de atuação para o recém-formado. Assim, João Victor aponta quais são seus planos para o futuro. “Ao terminar o curso, irei tentar o exame da OAB e também alguns concursos que me interessar, pois estabilidade é o que todos procuram após formar”, frisa o acadêmico.

Greiciely Rodrigues

 

 

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *