Após a graduação, ingressar no mercado de trabalho é um dos desafios do novo profissional. Aluna do curso de Serviço Social Funorte, Carla Daniele cola grau neste fim de semana e já foi aprovada no concurso municipal da cidade de Januária.

Carla afirma que o ensino acadêmico teve grande importância em sua aprovação do concurso. “A Funorte teve um papel importantíssimo, afinal toda orientação de estudos e explicação das disciplinas aconteceram nas aulas. Além disso, a instituição conta com um ótimo quadro de docentes que transmitem confiança aos acadêmicos e são excelentes orientadores e parceiros. Todo esse apoio foi fundamental para minha aprovação”, conta.

A acadêmica define o seu curso em uma palavra, maravilhoso. E acrescenta que as oportunidades curriculares a fez crescer. “Durante o curso eu fui desconstruída e reconstruída, fui lapidada. É válido ressaltar que a convivência com meus colegas agregou muito à minha formação humana e profissional. O que foi vivenciado com eles, eu levarei para toda a vida. São pessoas fantásticas”, diz e completa. “é importante frisar, também, as portas que me foram abertas no decorrer do curso, como o estágio remunerado na Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Programa Bolsa Família), onde cresci muito, pessoal e profissionalmente” ressalta.

Ser aprovada em concurso público é um passo que muitos almejam e, com Carla não foi diferente. Para a acadêmica, conseguir a vaga na prefeitura de Januária foi um grande avanço em rumo ao sucesso profissional. “O concurso significa uma realização pessoal, pois me possibilita vislumbrar a recompensa do meu esforço. Além disso, significa a certeza de que eu atuarei na profissão na qual eu me graduei. Sem dúvida, é um grande passo na carreira e denota estabilidade profissional”, destaca a assistente social.

“Vivencio atualmente um misto de medo e satisfação. O medo próprio de quem está diante de algo novo. É um mar que se abre à minha frente, e que é preciso seguir, mas, é Deus quem abrirá esse mar. A satisfação própria de quem alcançou um grande objetivo, de quem viu seu esforço ser recompensado. Espero, ao atuar em Januária, ser uma boa profissional, capaz de trabalhar para o empoderamento dos usuários, viabilizando-lhes o acesso aos direitos que as leis preconizam”, finaliza.

Enviar comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *